Exposição ‘Musas de Malagrida’ será aberta nesta sexta-feira no Centro Cultural Parque Casa da Pólvora

Descrição Curta:
O Centro Cultural Parque Casa da Pólvora recebe, nesta sexta-feira (28), a partir das 18h, a exposição de artes visuais ‘Musas de Malagrida’ e a performance ‘Essência do meu ser’, da atriz Edilete Bezerra, e ‘Fusion étnica’, do ator e bailarino Dan Oliveira.

Classificação Etária: 12 anos

Centro Cultural Parque Casa da Pólvora

ver mapaocultar mapa

Diariamente de 28 de setembro a 13 de dezembro de 2018 às 09:00

Preço: Grátis

Endereço: Ladeira São Francisco - Centro, João Pessoa – PB

Descrição

O evento é promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope) e faz parte da programação do AnimaCentro.

A exposição ‘Musas de Malagrida’, idealizada pela jornalista e produtora cultural Ednamay Cirilo, com curadoria de Allyne Eloy, homenageia 78 musas – entre pessoas e a arquitetura da Capital – e reúne trabalhos de vários fotógrafos (profissionais e amadores), desenhos de artista visual Cinara Figueiredo e aquarelas de Cláudia Almeida, cartas de Anayde Beiriz e poesias de Emília Guerra.

A coletiva contempla artistas de gerações diferentes com técnicas e abordagens variadas. As obras selecionadas seguem uma narrativa que nos conta um pouco sobre a memória da cidade. O nome da exposição foi escolhido como uma forma de homenagear o logradouro do centro da Capital paraibana, que carrega seu nome e foi berço do movimento cultural Confraria de Malagrida e do bloco de carnaval Anjo Azul.

De acordo com Ednamay Cirilo, a exposição surgiu com o objetivo de voltar o olhar para a importância de nossa história. “A partir do bloco Anjo Azul, fundado em 1994, e que reúne pessoas engajadas no resgate e ocupação artística da cidade antiga, a gente vem desenvolvendo várias ações, como a lavagem da escadaria, o Cinema do Beco da Faculdade, voltadas para a ocupação do Centro Histórico da Capital”, disse Ednamay.

A exposição consta de fotografias de Rodolfo Athayde, Andreia Gisele, Hélio Costa, Henrique Magalhães, Juliana Aquino, Ivomar Gomes (Mazinho), Elionaldo Varela, Germana Bronzeado, Áurea Cristina Barros, Paulo Vieira e Rafael Passos, dentre outros, e pode ser vista até o dia 13 de dezembro, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h.

Por Juneldo Moraes
Fotos: Divulgação Secom João Pessoa

Publicado por

Fundação Cultural de João Pessoa - FUNJOPE

A FUNDAÇÃO CULTURAL DE JOÃO PESSOA, reconhecida abreviadamente pela sigla FUNJOPE, entidade de direito público com autonomia administrativa, financeira, técnica e funcional, dotada de patrimônio e orçamento próprios, foi criada pela Lei Municipal no. 7.852 de 24 de agosto de 1995 e regulamentada pelo Decreto nº. 2.897 de 02 de outubro de 1995.